“COMUNIDADE E ARTE PARTICIPADA: JOSEPH BEUYS, UM FILÓSOFO NA ARTE E NA CIDADE” DO PROJETO CULTURAL DA NOSSA ESCOLA DaRT+ COM A PARCERIA DO CAPC EM AULA ONLINE ABERTA À COMUNIDADE COM A PARTICIPAÇÃO ESPECIAL DE DÉSIRÉE PEDRO

Na sequência do programa do PCE (Projeto Cultural de Escola) DaRT+ do AEEC (Agrupamento de Escolas Eugénio de Castro) associado ao PNA (Plano Nacional das Artes), divulgamos hoje publicamente a aula aberta à Comunidade que decorrerá na próxima quarta-feira, dia 2 de Junho de 2021 pelas 13h45 em formato de videoconferência (de 60 a 90 minutos máx. com debate integrado até 45 minutos centrada no tema “COMUNIDADE E ARTE PARTICIPADA;: “JOSEPH BEUYS, UM FILÓSOFO NA ARTE E NA CIDADE”, um artista alemão de referência na vanguarda artística a apresentar pela professora e arquiteta Désirée Pedro em representação do CAPC (Círculo de Artes Plásticas de Coimbra), uma das parcerias do Projeto Cultural de Escola DaRT+ com o cruzamento da atividade/iniciativa CAPC “O CAPC VAI À ESCOLA”.

Esta sessão, moderada por Isabel Maria Dos Santos (Coordenadora do PCE DaRT+), será gravada e transmitida online na ligação Meet https://meet.google.com/omm-wkcf-air a partir da nossa Biblioteca Escolar que se encontrará lotada com a turma A do 9º Ano acompanhada por Inês Manta (professora de Artes Visuais) e Equipa da Biblioteca.

Fazendo parte esta sessão de um conjunto de Sessões de Aulas Abertas de DaRT+ centradas no mote “A CULTURA HOLÍSTICA – REFLEXÕES” que têm como particulares objetivos a participação da Comunidade no Projeto Cultural de Escola e o acesso livre à Cultura, contamos com a Vossa “presença” online.

Nota biográfica | Désirée Pedro, Pemba, Moçambique, 1970. Licenciada em Arquitetura pela FAUP em 1996, ano em que funda o atelier de arquitetura Atelier do Corvo com o arquiteto Carlos Antunes. Leciona desde 2008 na Escola Superior de Arte e Design (ESAD), Matosinhos, e desde 2013 no Departamento de Arquitetura da Universidade de Coimbra (DARQ).Desde 2010 é membro da Direção do Círculo de Artes Plásticas de Coimbra e doutoranda em Arte Contemporânea no Colégio das Artes da Universidade de Coimbra. Dos projetos mais relevantes destacam-se: Centro de Arte Contemporânea, CAPC – Casa Municipal da Cultura, Coimbra, 1994; Projeto de Remodelação do Laboratório Chimico da Universidade de Coimbra – c/ João Mendes Ribeiro, 2001; Reabilitação da Sociedade de Cerâmica Antiga de Coimbra – c/ Luísa Bebiano Correia, 2003; Remodelação e ampliação da Escola Secundária de Pombal, 2008; Duas Casas nos Carvalhais, 2005, 2006; Remodelação do Mercado de Miranda do Corvo, 2009; Casa no Gondramaz, 2010; Lar residencial e centro ocupacional O Cavalo Azul – AFSD (Associação de Famílias Solidárias com a Deficiência), 2010; Exposição da representação portuguesa na 12.a Bienal da Arquitetura de Veneza,2010; Reabilitação da Torre Sineira e da Cisterna do Antigo Castelo de Miranda do Corvo, 2011; Projeto de Ampliação do Edifício Bento Menni e construção do Edifício Administrativo, da Capela da Ressurreição e da Praça S. Bento Menni, localizados na Casa de Saúde Rainha Santa Isabel, Condeixa-a-Nova, 2014; Projeto de Requalificação da Casa Amarela – Escola de Talentos. Miranda do Corvo, 2015.