POEMAS DOS ALUNOS/AUTORES SERIADOS NA FASE DE ESCOLA PARA A FASE MUNICIPAL DA 12ª EDIÇÃO DO CONCURSO MUNICIPAL “HÁ POESIA NA ESCOLA” . 2021

Num total de sete alunos-poetas concorrentes (cinco alunos do 5º ano, uma aluna do 6º e uma do 7º ano), no Concurso “Há Poesia na Escola” na Fase de Escola foram seriados pela Equipa da Biblioteca para a Fase Municipal, segundo o Regulamento do Concurso (tema e 2 poemas/alunos por Ciclo), os seguintes três poemas e autoras:

  • “DA MINHA JANELA EU VEJO” de Clara G. (do 2º Ciclo – 5º ano)
  • “O QUE SINTO” de Raquel N. (do 2º Ciclo – 5º ano)
  • “POEMA SAÚDE E BEM ESTAR” de Ana F. (do 3º Ciclo – 7º ano)

——————————————————————————————

“O QUE SINTO” de Raquel N.

Da janela do meu quarto
Vejo um mundo encantado,
Que foi atacado
por um vírus malvado!

Ouço meninos falar
Pois não podem voar:
São prisioneiros
De um vírus matreiro!

Prisioneiro do Covid
É o meu vizinho,
Que está sossegadinho
Por não ter qualquer amiguinho.

No parque quero brincar
E agora só posso olhar.
Gostava de passear
E a família toda abraçar.

——————————————————————————————

“DA MINHA JANELA EU VEJO” de Clara G. 

Da minha janela eu vejo
Os pássaros a cantar.
Quem me dera poder sair
Para com eles brincar!

Da minha janela eu vejo
As árvores a dançar.
Quem me dera poder sair
Para com elas bailar!

Da minha janela eu vejo
Os cães a ladrar.
Quem me dera poder sair
Para com eles passear!

——————————————————————————————

“POEMA SAÚDE E BEM ESTAR” de Ana F.

O bem-estar
E a saúde
São usados amiúde.

Sem saúde,
Nem felicidade,
Não há bem-estar,
Nem vontade
De brincar.

Para sermos felizes,
Temos de ser saudáveis
Como os petizes;
E amáveis
Para com a gente,
Mesmo a que mente.

A paz interior,
O amor
E a alegria,
São a base
Do bem-estar,
Quem diria!

Felizes
E saudáveis
Somos fixes!