A Rapariga Que Sabia Ler

      Francis Hardinge escreveu A Rapariga Que Sabia Ler, uma obra considerada pelo London Times Literary Supplement  “uma caixa de doces com uma imensa variedade de sabores”.

   Neste livro, o primeiro da autora, depois de Mosca Mye “acidentalmente” pegar fogo ao moinho onde o tio a acolheu após a morte do pai, esta rapariga de doze anos não tem outra alternativa excepto fugir da aldeia onde vive e ir em busca de outras oportunidades. Mas as coisas não vão correr exactamente como ela pensava…

   Que se passará?

   Requisita o livro na Biblioteca da Escola para ficares a saber.

Leitores celebrando o Dia do Livro Infantil, ilustração de Klaas Verplancke